Planejando viagens: vacina contra febre amarela e certificado internacional de vacinação

O certificado internacional de vacinação contra a febre amarela é um documento exigido por muitos países por isso, antes de viajar, é importante incluir a vacina em seu planejamento.

Passagens compradas, malas feitas, roteiro traçado. As férias perfeitas parecem bem próximas e enquanto espera na fila de embarque, uma atendente da companhia aérea se aproxima e pede o passaporte. Após checar, ela pergunta: “Onde está o comprovante de vacinação?”.

Cartagena, na Colômbia, é um dos destinos populares entre brasileiros que exige certificado de vacinação contra a febre amarela

O que pode parecer trivial para muitos, se tornou o pesadelo de um grupo de amigas que viajaria para a Colômbia no mesmo voo que eu. Na fila de embarque, uma delas se deu conta de que precisaria de um documento que não possuía: o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP.

Muitos destinos internacionais exigem a vacina contra febre amarela dos turistas provenientes de determinados países, como o Brasil. Em alguns casos, como a Tailândia, o certificado de vacinação deve ser apresentado na chegada ao destino e em outros, o documento é exigido já na saída do Brasil. Por isso, é importante incluir este documento na sua lista de itens pré-viagem.

Onde se vacinar?

A vacina contra a febre amarela está disponível gratuitamente nas unidades básicas de saúde do SUS e deve ser aplicada com , no mínimo, 10 dias de antecedência da viagem para garantir a imunidade. Após a vacinação você recebe um cartão nacional de vacinação, guarde este comprovante.

A vacinação contra a febre amarela é vitalícia, porém para viagens internacionais é exigida a dose padrão e não é aceita a fracionada. Portanto, se você pretende viajar, informe-se sobre a dose com antecedência.

A África do Sul, famoso destino para quem sonha em fazer safári, exige certificado internacional de febre amarela

Emissão do certificado internacional

O comprovante de vacinação entregue no SUS não serve como certificado, mas é exigido para a retirada deste documento. Após se vacinar, você pode emitir o documento online ou presencialmente.

Para o atendimento web, solicite o certificado preenchendo seus dados neste site (apenas para viajantes com CPF). Lembre-se que o prazo de emissão é 10 dias úteis. Você deverá imprimir e assinar o documento.

Para atendimento presencial, que ocorre com agendamento ou diretamente nos postos da Anvisa nos aeroportos, você deve se cadastrar para o atendimento neste site.

Após receber e assinar seu certificado, mantenha-o anexado ao passaporte e mantenha cópia na nuvem.
Boa viagem!

Mais conteúdo sobre vacinas e viagem:

Consulte as vacinas exigidas no país que irá visitar

Fonte consultada para este post: Ministério da Saúde com consulta em 06/12/2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s